Radio Planeta Rei

domingo, 20 de outubro de 2013

A crise na oposição de Teixeira


O grupo oposicionista do município de Teixeira vive o seu pior momento, desde a eleição do atual prefeito Nego de Guri. Em menos de um mês,  perdeu o vereador Pedro Bento que lhe garantia uma maioria folgada na Câmara (dois terços dos votos), realizou uma tumultuada eleição da Mesa Diretora (que poderá ser anulada pela Justiça), sofreu um desgaste com a demissão dos contratados (motivando  até o adiamento das sessões) e, na última quinta-feira (17), recebeu mais um golpe:  a declaração de independência do vereador Assis Catanduba.

Como se tudo isso não bastasse, o ex-secretário Espedito Silveira, em artigo publicado neste domingo (20), expõe a situação difícil pela qual passa a oposição e revela  profundo descontentamento com a forma de atuação desse grupo. 

Confira, na íntegra, o  artigo do ex-secretário:   

ÀS VEZES TEMOS QUE DESABAFAR, SENÃO PODEREMOS SOFRER UM AVC OU UM ENFARTO

"Ninguém queira se enganar, mas o momento é de                                                              preocupação para a oposição, e o correto  seria                                                                                  os líderes fazer uma reflexão profunda enquanto há                                                                              tempo, sob pena da situação ampliar seus horizontes                                                                             políticos, conquistando pesos fortes e importantes da                                                                         oposição. A sugestão está dada, aceitam se quiser e                                                                                achar conveniente, é claro ! Lembrem-se que em política                                                                          nada é impossível !" (Espedito Silveira)

Um monte de gente maravilhosa conseguimos fazer amizades através dos nossos comentários no facebook. É muito bom curtir ou compartilhar com os comentários dos amigos internautas, assim como é maravilhoso ser curtido ou compartilhado por eles. E, assim sendo, nos acostumamos a dividir com eles alguns problemas.
Meus amigos internautas, fui extremamente criticado mais uma vez de forma anonima, através de um telefonema desconhecido, simplesmente porque ontem eu fiz um elogio à Secretaria Municipal de Saúde, pelo fato daquela pasta ter colocado uma Unidade Móvel de Saúde em praça pública para atender a população com alguns exames especializados. Eu gostaria de dizer ao referido crítico, que o único compromisso que nós temos em nossos comentários é informar com honestidade e transparência a verdade para os nossos amigos internautas e para a sociedade em geral. Jamais nós aceitaríamos que nossos comentários sofressem interferências alheias, com o intuito de transformá-los num instrumento unicamente crítico direcionado a determinado segmento político, pois se assim o fizéssemos estaríamos sendo hipócritas com o que criticávamos sobre a conduta de determinados setores da imprensa local na administração passada.
O interessante que achamos nisso tudo, amigos internautas, é que fatos envolvendo políticos influentes de nosso município, que proporcionaram grandes repercussões a nível local, regional e estadual, foram considerados normais e ninguém criticou. Já no meu caso, devido a um simples elogio isolado, o mundo desabou sobre mim. Vejamos alguns casos de grande repercussão:
Nos últimos meses temos assistido pela internet políticos que outrora eram tidos como inimigos pessoais, se encontrando, conversando, dando as mãos, discutindo até uma possível aliança, numa verdadeira demonstração de maturidade política, numa verdadeira demonstração de grandeza espiritual, esquecendo e perdoando fatos relevantes de um passado distante. 
Testemunhamos, também, por várias e várias vezes lideranças políticas afirmarem: ¨eu me dou muito bem com o meu adversário ¨; não tenho nada contra meu adversário ¨; ¨eu nunca falei do meu adversário ¨; etc, etc. Sábias palavras, afinal de contas briga não leva a nada. Assisti a essas mesmas lideranças liberarem, cordialmente e pacificamente, correligionários de peso para votarem no deputado estadual que bem entendessem, quando o correto era tentar, através do diálogo e do entendimento, um consenso no sentido de que todo o grupo votasse num único candidato para estadual e para federal. Pois bem, ninguém criticou ninguém por essa falha preocupante, precipitada e que pode trazer sérias complicações.
Assisti, como toda sociedade teixeirense também assistiu, político fazer denuncias sérias e comprometedoras a outro político, com a probabilidade de acontecer até perda do mandato, e, no entanto, dias depois, estavam eles se comunicando amigavelmente por telefone ou pessoalmente, como se nada tivesse acontecido. Ninguém nunca fez uma única crítica a este fato.
Na semana passada, o Diretório Municipal do PR divulgou uma nota, por sinal muito bem redigida, onde informava à população que a partir daquela data os vereadores do PR iriam atuar na Câmara de Vereadores de forma independente, deixando transparecer na referida nota, que o motivo seria a falta de comando e liderança no grande grupo que formava a bancada da oposição na Câmara, chegando a afirmar: ¨ dormem em silêncio profundo Pois bem, esse fato foi considerado também normal, embora eu o classifique como preocupante, perigoso e danoso aos interesses e projetos políticos da oposição. Mas ninguém criticou ninguém.
Assistimos ainda, a oposição perder um vereador para a situação por única e exclusivamente falta de diálogo, reuniões e entendimentos. Um lado comenta que o fato aconteceu em troca de favores pessoais, já o outro lado afirma, categoricamente, que o fato aconteceu devido a falta de cumprimento de um acordo político feito há 9 meses atrás. Não quero saber onde está a verdade, o fato é que tudo isto poderia ter sido evitado com habilidade política e não com o silêncio. Pois bem, tudo isto aconteceu, se constituindo num problema sério, e ninguém fez uma única crítica. Alguns líderes acharam o fato como algo normal, pasmem os amigos internautas.
Então porque essa vigilância, essa cobrança, essas críticas, até ofensivas, dirigidas apenas à pessoa de Espedito Silveira, um cidadão comum, simplesmente devido a um elogio isolado ? Eu não tenho culpa se certas lideranças fogem de reuniões de avaliação de algum problema, como o diabo foge da cruz !
Ninguém queira se enganar, mas o momento é de preocupação para a oposição, e o correto seria os líderes fazer uma reflexão profunda enquanto há tempo, sob pena da situação ampliar seus horizontes políticos, conquistando pesos fortes e importantes da oposição. A sugestão está dada, aceitam se quiser e achar conveniente, é claro ! Lembrem-se que em política nada é impossível !

Um ótimo domingo para todos, inclusive para quem me criticou !

3 comentários:

  1. Tás brincando !!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Lembrem-se que em politica tem pessoas que são capazes de tudo! ENTENDERAM?

    ResponderExcluir
  3. É DESESPERO, É DESESPERO, É DESESPERO,!!!!!

    ResponderExcluir